Bélgica é redescoberta por operadores brasileiros durante famtour



A viagem ofereceu imersões por atrativos de 7 cidades nas três regiões belgas (Bruxelas, Flandres e Valônia), recepção oficial na Embaixada do Brasil e degustações personalizadas. Valônia ganha novas perspectivas de promoção junto ao trade brasileiro A Bélgica é um daqueles destinos europeus que têm muito a oferecer, desde o tradicional turismo histórico-cultural, regiões montanhosas até às experiências enogastronômicas. Com este intuito, a Redescobrindo Ideias, em parceria com o Grupo Air France-KLM e o Visit Valônia, levou um grupo de quatro operadoras brasileiras para redescobrir a potencialidade turística belga. O Famtour aconteceu entre 01 e 08 de setembro de 2022 e contou com a Diversa Turismo, Abreutur, Agaxtur e TGK Travel. “Desenvolvemos uma agenda bem diversificada e incluindo imersões sobre os principais atrativos de Bruxelas, visitas técnicas a hotéis de luxo e boutiques em seis cidades, reuniões com fornecedores, além de atividades na capital e nas regiões de Flandres e Valônia”, explica Marcos Oliveira, diretor da Redescobrindo Ideias. Participaram do famtour: Fellipe Randolfo (Abreutur de Brasília), Marta Shonozaki (TGK Travel), Samara Miranda (Diversa Turismo), Silvana Dantas (Agaxtur) e Anderson Salvá (Air France/KLM) O roteiro pela Bélgica Na passagem por Bruxelas, o grupo visitou o icónico Atomium, o Choco-Story com um mestre chocolatier e Grand Place com direito a tour guiado e degustação de cervejas. Almoçaram no lendário Hotel Amigo (da Rocco Forte Hotels) e jantaram no Aux Armes de Bruxelles, restaurante Michelin na capital belga. E, também, foram convidados para um coquetel na residência oficial do embaixador brasileiro, João Mendes Pereira, para apresentar a missão e abrir oportunidades nos segmentos MICE e corporativo. Em Flandres, no norte, conheceram primeiro Antuérpia passando pelo famoso Grote Markt (praça onde fica a prefeitura), a Meirstraat (principal rua do centro), a Igreja de São Paulo, (com pinturas de Peter Paul Rubens e Anthony van Dyck) e o porto. Desde a magnífica estação da cidade, viajaram de trem para Ghent para experimentar a melhor batata frita do mundo, tour a pé pelo centro histórico e pernoite. Já em Bruges, a Veneza do Norte, caminharam pela cidade medieval, experimentaram um pouco da gastronomia local e entraram na lendária fábrica da cervejaria De Halve Maan com direito a degustação. O DMC Bem Belga, fundado pela brasileira Daniella Garcia, apoiou o famtour em Bruxelas e Flandres. A empresa - especializada na criação de roteiros para grupos privativos pela Bélgica, Países Baixos e Luxemburgo-, oferece atendimento guiado em português (do Brasil) e ênfase no perfil cultural e gastronômico. " Desenvolvemos nossos próprios pacotes combinando os atrativos mais procurados da região, como a tradição do universo cervejeiro e o maior festival de música eletrônica do mundo, o Tomorrowland" destaca a empresária. "A Bem Belga é a ligação entre o Brasil e o destino quando se trata de escolher um guia credenciado, sobretudo, brasileiro que more na cidade do roteiro e seja fluente na língua local. Ninguém conhece melhor um lugar do que as pessoas que moram nele, certo?" reforça a Daniella Garcia.


Nos últimos três dias, o famtour ficou na região francófona da Valônia para conhecer o Memorial 1815 em Waterloo (que conta sobre a última batalha de Napoleão) e a Cidadela de Namur, onde pernoitaram. Um dos pontos altos foi a visita às ruínas da Abadia de Villers Villers-la-Ville (convento cisterciense fundado em 1146 e abandonado em 1796), que hoje recebe muitas atividades ao ar livre. Na cidade planejada de Louvain-la-Neuve visitaram o Museu Hergé, dedicado ao criador do personagem Tintim. Aliás, os belgas são apaixonados por histórias em quadrinhos. Na pacata e charmosa Dinant finalizaram a agenda com caminhada pelo centro, visita ao Museu Adolphe Sax, inventor do saxofone, e navegação pelo rio Meuse.


“ Mesmo o mercado brasileiro não sendo uma prioridade do Visit Wallonia, respondemos a esta oportunidade que resultou num famtour. O principal objetivo é promover mais a Valónia junto aos operadores brasileiros, e desta maneira poder propor produtos incluindo entre outras coisas Waterloo, Namur e Dinant. Além disso, a conectividade com a França e a Alemanha torna a viagem muito fácil para o turista do Brasil ", contextualiza Pierre Coenegrachts, Vice-Diretor e CEO do Visit Valônia, abordando a parceria e o interesse em trabalhar mais o mercado brasileiro.


Conexões mais rápidas


O Grupo Air France-KLM é o que conecta mais rápido o Brasil com a Bélgica com a opção de Paris com 24 voos semanais (saídas de Rio, São Paulo e Fortaleza) e Amsterdã com 14 saídas semanais (desde Rio e São Paulo). O trecho até Bruxelas é realizado de trem bala (citar nome oficial)desde o Aeroporto Charles De Gaulle numa viagem de 1h30 e a partir de Amsterdã em um voo de 40 minutos.


Opinião das Operadoras


“ A Bélgica me deixou extremamente encantado! Foi uma grata surpresa. Vendemos sempre o básico e tratamos o país como passagem nos circuitos, o que é um grande erro. Pode ser tratado como um destino a ser visitado e explorado, sendo que a dica seria ter o mínimo de duas diárias em cada cidade, para dar tempo de conhecer as atratividades de cada localidade, sendo elas diurnas e noturnas ”, frisa Fellipe Randolfo, Gerente da Filial Abreu Viagens de Brasília. Samara Tomaz Miranda, Gerente de produtos exóticos e Europa da Diversa Turismo afirma que “ a Bélgica é um lugar incrível em infraestrutura hoteleira, de A&B, transporte, paisagens lindíssimas e história. O destino ideal para uma viagem perfeita pela Europa sem o caos dos grandes centros turísticos que já estão saturados ". O Famtour contou com o apoio do Grupo Air France-KLM, Visit Valônia, Agência de Exportação e Investimento Estrangeiro da Valônia ( AWEX ), DMC Bem Belga, O Meu Chip, Hotel Amigo, Affinity Seguro e Embaixada do Brasil na Bélgica.






#belgica #agenciadeturismo #operadoradeturismo











0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo